Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

cascalenses

cascalenses

Estoril de Sangue com Isabel Magalhães e João Aníbal Henriques

João Aníbal Henriques, 17.07.13




Numa iniciativa conjunta da ALA – Academia de Letras e Artes, Movimento SerCascais e AMME – Associação de Moradores do Monte Estoril, decorreu mais um passeio pedestre “Um Estoril de Sangue”, guiado por Isabel Magalhães e João Aníbal Henriques


O périplo, que passou em revistas algumas das muitas estórias que deram forma à História dos Estoris, contou com a participação de mais de seis dezenas de interessados que partilharam a sua ligação ao passado, ao presente e, sobretudo, as suas perspectivas e anseios relativamente ao futuro do Monte Estoril e do Estoril. 


Assumindo o turismo como a grande vocação municipal de Cascais, e entendendo esse sector de actividade como fundamental para a afirmação do Concelho na Europa e no Mundo, o passeio mostrou e comprovou a autêntica preciosidade que representa a existência deste local tão especial. A marca “Turismo do Estoril”, sonha, pensada e concretizada desde 1870, continua viva, pujante e plena de potencial, assentando num reconhecimento internacional que resulta da soma do muito empenho e dedicação que ao Estoril ofereceram várias gerações de Estorilenses empreendedores e dinâmicos. De José Jorge de Andrade Torrezão a Carlos Anjos e ao Conde de Moser, e destes a João de Deus Ramos, José Dias Valente, Aníbal Henriques, Monsenhor António José Moita, Fausto Cardoso de Figueiredo e muitos outros, vai uma viagem de muitas gerações assente em pressupostos de excelência que urge recuperar…




Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.