Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

cascalenses

cascalenses

Fez-se Luz em Cascais!

João Aníbal Henriques, 11.11.20
Se há coisa difícil de perceber nos dias de hoje é a existência de um Mundo sem electricidade… De facto, dos telefones às televisões, passando pelos electrodomésticos e pela própria iluminação dos espaços públicos, a electricidade está hoje omnipresente em todos os momentos do quotidiano sendo parte imprescindível do nosso crescimento civilizacional. Mas nem sempre foi assim e, até época não muito remota, não existia electricidade em Portugal! Mais uma vez, por ser (como sempre foi) o centro nevrálgico de Portugal, Cascais teve papel decisivo na implementação deste extraordinário avanço tecnológico, tendo sido no Passeio Dona Maria Pia, mesmo junto à Cidadela, que se efectuou a primeira tentativa de iluminação pública em Portugal! Sublinhamos a palavra “tentativa” porque, pensada como surpresa maior para a comemoração do aniversário natalício de SAR o Príncipe herdeiro Dom Carlos, a experiência contou com alguns percalços caricatos que muito devem ter aborrecido Sua Majestade o Rei Dom Luís I que planeara minuciosamente a iniciativa e que contou com o apoio das principais forças da sociedade civil local… O gerador adquirido para alimentar as lâmpadas colocadas na via pública avariou e foi necessário o empréstimo à última hora de equipamento de substituição por um navio Inglês que estava fundeado ao largo de Cascais… Mas, à hora marcada e para gáudio e felicidade de Portugal, lá se acenderam as lâmpadas dos candeeiros e o Passeio Maria Pia, ali mesmo no coração de Cascais, transformou-se no primeiro lugar de Portugal a ser iluminado electricamente! Cascais, sempre na vanguarda da tecnologia e do desenvolvimento, cumpre uma vez mais o seu papel de guarda avançada de Lisboa, transformando a noite escura de 15 de Agosto de 1878, num cenário onírico de iluminação e esplendor que a partir dali se estendeu à capital e ao resto de Portugal. Fez-se luz em Cascais e, a partir desta Nossa Terra, iluminou-se Portugal!


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.