Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

cascalenses

cascalenses

O Triste Caso da Capela de São Sebastião em Cascais

16.03.16, cascalenses

IMG_9142.JPG

 

No Outono passado a Capela de São Sebastião, situada no Parque do Gandarinha junto à entrada do Museu dos Condes de Castro Guimarães, foi bastante danificada por um temporal. O seu alpendre, o adro e o cruzeiro fronteiro à mesma, foram destruídos pela intempérie e a edilidade fechou o espaço para prevenir eventuais danos para os visitantes.

 

Passaram-se até agora muitas semanas desde aquele triste acontecimento e a dita capela, monumento importante da memória patrimonial de Cascais, continua no mesmo estado de ruína. Pela sua frente passam diariamente centenas de passeantes e turistas, não só aqueles que vão visitar o museu, como também todos os que atravessam o parque a partir da entrada da marina.

 

Com um clima de feira permanente instalado em Cascais, em que se montam-desmontam-e-voltam-a-montar barracas que enchem os mis emblemáticos recantos da vila, a Câmara Municipal de Cascais ainda não teve tempo nem vontade para arranjar os estragos na capela.

 

É indecente.